domingo, 23 de outubro de 2011

O Livramento



 Senhor , tu dizes em tua Palavra que podemos invocar-te no dia da angústia , e tu nos livrarás (SL 50:15) . Eu clamo a ti agora , e peço que tu operes livramento na minha vida livra-me de tudo que me prende . Liberta-me de  todo mal . Mantém a minha alma livre das mãos do inimigo (SL 31:15) . Conduze-me a compreensão, e que eu possa reconhecer as obras do mal e clamar a ti por ajuda. Se o livramento pelo qual eu busque teu socorro não for imediato , preserva minha vida de todo tipo de desânimo e ajuda-me a manter a confiança de que tu começaste em mim uma boa obra , e a completarás (Fp1:6). Dái-me a certeza de que , mesmo nas situações mas difíceis , onde a esperança seja colocada aá prova e pareça impossível mudar qualquer coisa, tu senhor podes transformar as circunstâncias .   
O Senhor é a minha rocha , a minha cidadela , o meu libertador ;o meu Deus , o meu rocheado em que me refugio; o meu escudo , a força da minha salvação, o meu baluarte. Invoco o Senhor , digno de ser louvado ,e serei salvo  dos meus inimigos.     Salmos 18:2,3

2 comentários:

  1. A Deus eu entreguei
    O barco do meu ser
    E entrei no mar afora
    Pra longe eu naveguei
    Não vejo mais o cais
    Só Deus e eu agora.....

    ResponderExcluir